quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Vídeo brincando com Kaio

video
Esse irmão faz cada dia da minha pequena valer a pena...
Como amo meus filhos Yzadora e Kaio

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Adaptações

Adaptamos uma cadeirinha para Yzadora conforme a professora do curso de Fisioterapia do UNIS - CENTRO UNIVERSITÁRIO DO SUL DE MINAS nos orientou. Yza está conquistando aos poucos sua independência.


Yza na fisioterapia do UNIS

Yzadora nos sábados faz fisioterapia no UNIS - CENTRO UNIVERSITÁRIO DO SUL DE MINAS - a professora acompanha as sessões auxiliando alunas do ultimo período de Fisioterapia, Teresa Vilela é a responsável pela minha pequena. Yza já se acostumou e gosta muito é incrível a interação dela com as meninas.
Tenho apenas que agradecer a DEUS por ter colocado pessoas tão boas no caminho dela.



domingo, 25 de setembro de 2011

Uma luta pela Vida



Em uma "Luta pela Vida" Lia Persona compartilha suas emoções e memórias como irmã e enfermeira de seu irmão adotivo portador de paralisia cerebral. A autora intercala seu passado com seu presente; história com realidade; a luta de seu irmão pela vida, com a luta de seus pacientes por suas vidas.

Thera Togs - uma nova esperança


O Sistema TheraTogs Corpo Total foi originalmente desenvolvido para crianças com desordens neuromotoras complexas, e agora está disponível em uma grande quantidade de tamanhos para uma variedade de aplicações. 
O sistema envolve o tronco em um “campo para enfaixamento” sensível à Velcro que permite ao clínico que coloquem faixas que podem melhorar o alinhamento e estabilidade postural, e podem abordar uma grande variedade de questões relacionadas ao alinhamento funcional e ao movimento nas extremidades próximas aos punhos e tornozelos. 
Pré-escolar: M/F - 11.5–20.5kg (25-45 lbs

Detalhes


O tão aguardado TheraTogs sistema para iniciantes esta aqui ... 
O sistema de alinhamento postural e Torso (PTA) é um produto especialmente concebidos para os médicos e clientes que são novos no uso do TheraTogs. 

"A resposta mais basica do ser humano em relação à gravidade é a luta para alcançar e manter a posição vertical. A fraqueza da musculatura central compromete esse esforço, produz desequilíbrios musculares, e pode interferir com a função dos membros através do recrutamento de músculos do membro para o equilíbrio. " - Beverly Cusick, PT, MS, inventor TheraTogs  O PTA foi projetado para aproveitar a resposta "vertical" humana para melhorar o alinhamento funcional, aproveitando ao máximo a capacidade do sistema neuromotor para "aprender" e se adaptar.  O sistema de PTA é composto por duas peças de vestuário e um pequeno conjunto de tiras - um sistema básico que é de aplicação simples, eficaz e fácil de treinar pais e profissionais na sua utilização.  A mais recente adição à linha ULTRA TheraTogs, o PTA é feito do nosso tecido especial goldtone, projetada especificamente para o terinamento neuromotor.  É facil, apenas 3 passos…..  Ajustar a roupa O Hipster fornece estabilidade para o quadril e pontos de fixação para o TankTop e para as faixas. O TankTop deve abraçar parte superior do tronco. Juntos, os Hipster e o TankTop criam no corpo uma campo para o ajuste das faixas para o possicionamento correto.  Alinhar a lombada Escolha entre três tipos de aplicação de faixas para melhorar a extennção superior e / ou a inferior do tronco. Se necessário utilizar faixas para retrair o ombro prolongado e estabilizar as escápulas.  Adicionar sistema avançado de faixas Escolha um sistema de aplicação de faixas para ajudar os oblíquos e / ou abdominais transversais para completar a aplicação principal. Faixas da pelve até o torax para a redução do excesso de inclinação anterior da pelve.  O PTA pode proporcionar para :  Hipotonia - Encurtamento dos músculos do tronco - deixá-los trabalhar, e adaptar-se, um estado reduzido  Cifose flexível - postura e aumento da capacidade respiratória  Lordose flexível / excesso de inclinação pélvica - Melhoria da postura  Dificuldade em manter o tronco alinhado e equilíbrio sentado; músculos do tronco fracos - Redução de desvios entre o tórax e a pelve; consciência sensorial aumentada  Protração de ombro e abdução escapular - retração de ombro suave e estabilização escapular  O NOVO tecido GoldTone™ foi desenvolvido durante o periodo de três anos pela R&D e sua performace testada para atender as exigentes e requisitos para melhor desempenho dos sistemas de TheraTogs.  Goldtone é formulado especificamente para as exigências da biomecânica de treinamento, e fabricado com um tecido de revestimento patenteado  GPTA210 POSTURA E TORSO PRE-ESCOLAR 11,50KG A 25,50KG MAXIMA MEDIDA OMBRO AO QUADRIL 33,02 CM MAXIMA MEDIDA QUADRIL AO JOELHO 27,94 CM
LINK DE INFORMAÇÕES:

 Tenho que só agradecer ao meu Deus e amigos, parentes que estão me ajudando com quantia em dinheiros, brindes para rifas para que eu possa comprar o Thera togs e o par de órteses que a Yzadora irá usar, logo postarei fotos da minha princesa utilizando os dois. 
Abraços

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Domingo no parque da TV Alterosa





Família toda no dia dos pais no parque. Yza aproveitou até. São esses momentos que fazem a diferença para o desenvolvimento da minha pequena é necessário que os pais das crianças especiais proporcionem a elas momentos alegres, divertidos como de qualquer outra criança. Minha pequena ainda não anda, mas mesmo assim fazemos questão de colocá-la em vários lugares, no balanço, na gangorra e etc.

Um domingo muito feliz...

Tem pessoas que realmente fazem a diferença e você Richard fez esse dia ser muito alegre. Como eles se divertiram....

Vídeo - Aos Olhos do Pai


sábado, 27 de agosto de 2011

Aos Olhos do Pai - Diante do Trono


Aos Olhos do Pai

Diante do Trono

Aos olhos do Pai
Você é uma obra-prima
Que Ele planejou
Com suas proprias mãos pintou
A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe
Num toque de amor
Aos olhos do Pai
Você é uma obra-prima
Que Ele planejou
Com suas proprias mãos pintou
A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe
Num toque de amor
Você é linda demais
Perfeita aos olhos do pai
Alguém igual a você nao vi jamais
princesa linda demais
Perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você não vi jamais
Você é linda demais
Perfeita aos olhos do pai
Alguém igual a você nao vi jamais
princesa linda demais
Perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você não vi jamais
Aos olhos do Pai
Você é uma obra prima
Que Ele planejou
Com suas proprias mãos pintou
A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe
Num toque de amor
Nunca deixe alguém dizer
Que não é querida
Antes de você nascer
Deus sonhou com você!
Nunca deixe alguém dizer
Que não é querida
Antes de você nascer
Deus sonhou com você!
Você é linda demais
Perfeita aos olhos do pai
Alguém igual a você nao vi jamais
princesa...
Aos olhos do Pai

domingo, 21 de agosto de 2011

Livro: O menino e o cavalo


A extraordinária viagem de um pai para curar o filho
Rupert Isaacson tinha sonhado o melhor para o filho, imaginava as brincadeiras, as conversas, os passeios… Depois de Rowan nascer, porém, começou a perceber que o seu sonho nunca se iria realizar. O menino não falava, não reagia, refugiava-se no seu mundo, fechado numa concha invisível. Era autista.
O Menino e o Cavalo é a história real, extraordinária, de um pai que vai até aos confins do mundo para curar o filho. É a aventura de uma família única, que arrisca tudo, movida por uma fé inabalável. E que, nas distantes estepes da Mongólia, consegue finalmente o milagre de abrir a concha, e entrar no mundo misterioso de Rowan.
Autor: de Rupert Isaacson
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 464
Editor: Caderno
ISBN: 9789892304571
Coleção: Cadernos de Sempre

Livro: Nascer Duas Vezes

Um jovem professor e sua mulher descobrem que Paolo, seu filho de três meses, sofre de uma disfunção cerebral causada pela insuficiência de oxigênio durante o parto. Uma lesão atingiu as partes do cérebro responsáveis pelo movimento e pela elaboração da linguagem. A criança terá dificuldade para aprender a falar e sua capacidade de movimentação será comprometida. Sua inteligência, porém, não ficará afetada. "Essas crianças nascem duas vezes", diz um dos médicos consultados. O segundo nascimento, muito mais lento e trabalhoso, é aquele que vai fazer com que o menino possa levar uma vida próxima do normal. Em Nascer duas vezes, Giuseppe Pontiggia conta uma história ficcional, mas com fortes traços autobiográficos - o romancista é pai de um garoto, Andrea, que sofre de problemas semelhantes. O relacionamento entre pai e filho evolui de forma a indagar quem aprende e quem ensina como viver, numa relação em que as descobertas são permanentes. O autor conduz a história de forma a nos questionarmos sobre o verdadeiro significado da deficiência. Quem é normal e o que é o "normal"

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Falando um pouco sobre a Paralisia Cerebral


A maioria dos portadores de Paralisia Cerebral é capaz de desenvolver habilidades e ter vida ativa. O primeiro e mais importante estímulo para eles é o apoio da família.

mentos no Brasil. Em 80% dos casos, é conseqüência de falta de oxigenação no cérebro do bebê provocada por complicações na hora do parto. O problema afeta o sistema nervoso central da criança e, dependendo do dano, pode levar a desordens de postura e de movimentos, distúrbios de fala, visão ou audição, crises convulsivas e também à deficiência mental. Seja qual for à seqüela, o importante é que seja diagnosticada cedo. Nos primeiros anos, o cérebro da criança está em desenvolvimento. Por meio de estímulos, é possível conseguir que outras áreas cerebrais executem as funções das que foram lesadas. Quanto mais precoce o tratamento, menos seqüelas a criança vai ter, dependendo do grau da lesão
A notícia de um filho imperfeito é sempre muito dolorida para os pais. No caso da criança com paralisia cerebral, a situação pode ser ainda mais difícil por conta da desinformação que cerca o problema. Ao ouvir que o filho tem paralisia cerebral, normalmente os pais pensam em invalidez total. Acham que vão ter de dar tudo na mão dele, comida na boca, e que a criança viverá como um vegetal. Essa idéia dificulta a aceitação do problema e retarda o apoio familiar necessário à reabilitação do filho. 
Os pais não devem tentar disfarçar seus sentimentos em relação ao problema e sim enfrentá-los. Eles costumam se sentir culpado e com pena de si mesmo. Logo, vão ter pena do filho, o que não é bom para ajudá-lo. Com informação e apoio especializado, os pais podem vencer esses sentimentos iniciais, preparando-se para conhecer o filho, suas limitações e necessidades. A partir daí, conseguirão construir uma relação de afeto com a criança e educá-la como qualquer outra. Ela precisa tanto da afeição e do carinho dos pais quanto de sua orientação, corrigindo-a quando necessário. Superproteger esse filho é um erro. Ele acaba se tornando dependente e se fechando para o mundo.
O preparo dos pais para conviver com o filho que tem paralisia cerebral é mais importante ainda quando a criança não tem deficiência mental. Porque ela perceberá, em geral a partir dos 4, 5 anos, que tem limitações, que é diferente, que não consegue brincar como todo mundo, e vai querer saber por quê. Caberá aos pais explicar ao filho suas limitações, e a reação da criança dependerá muito de como eles conduzirem a situação. Se não estiverem preparados para isso, munidos de muita paciência, carinho e disposição para o diálogo, o filho poderá se fechar para o mundo nesse momento, ou tornar-se uma pessoa agressiva. 

http://www.mundoequo.com.br
Retirado do blog: 

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Equoterapia

Yza voltou a fazer equoterapia no mesmo centro "Equosaúde" está mais calma, já não chora mais e não gosta quando acaba a sessão estamos vendo um grande progresso nela. Como não consigo acompanha-la as sessões papai Yunis me diz o quanto ela tem ficado maravilhada principalmente o dia que ficou de pé no cavalo. A equoterapia tem um resultado satisfatório e estamos muito felizes.


“A EQUOTERAPIA É UM DOS RAROS MÉTODOS, TALVEZ O ÚNICO, QUE PERMITE VIVENCIAR-SE TANTOS ACONTECIMENTOS AO MESMO TEMPO, SIMULTANEAMENTE, E NOS QUAIS AS INFORMAÇÕES E REAÇÕES SÃO TAMBÉM NUMEROSAS.” 
(Dr. Hubert Lallery).

O que é paralisia cerebral?



A paralisia cerebral é uma lesão cerebral que acontece, em geral, quando falta oxigênio no cérebro do bebê durante a gestação, no parto ou até dois anos após o nascimento - neste caso, pode ser provocada por traumatismos, envenenamentos ou doenças graves, como sarampo ou meningite.
Dependendo do local do cérebro onde ocorre a lesão e do número de células atingidas, a paralisia danifica o funcionamento de diferentes partes do corpo. A principal característica é a espasticidade, um desequilíbrio na contenção muscular que causa tensão e inclui dificuldades de força e equilíbrio. Em outras palavras, a lesão provoca alterações no tônus muscular e o comprometimento da coordenação motora. Em alguns casos, há também problemas na fala, na visão e na audição.
Ter uma lesão cerebral não significa, necessariamente, ser acometido de danos intelectuais, mas em 75% dos casos as crianças com paralisia cerebral acabam sofrendo comprometimentos cognitivos.

Como lidar com a paralisia cerebral na escola?
Para dar conta das restrições motoras da criança com paralisia cerebral, vale adaptar os espaços da escola para permitir o acesso de uma cadeira de rodas, por exemplo. Na sala de aula use canetas e lápis mais grossos, envoltos em espuma e presos com elástico para facilitar o controle do aluno. Os papeis são fixados em pranchetas para dar firmeza e as folhas avulsas, nesse caso, são mais recomendáveis que os cadernos. O professor deve escrever com letras grandes e pedir para que o aluno com paralisia cerebral sente-se na frente, se possível, com uma carteira inclinada, que dá mobilidade e facilita a escrita.
Se o aluno apresentar problemas na fala e na audição, providencie uma prancha de comunicação, para que ele se expresse pela escrita. Caso isso não seja possível, o professor pode preparar cartões com desenhos ou fotos de pessoas e objetos significativos para o aluno, como os pais, os colegas, o professor, o time de futebol, diferentes comidas, o abecedário e palavras-chave, como "sim", "não", "sede", "banheiro", "entrar", "sair" etc. Assim, para indicar o que quer ou o que sente, o aluno aponta para as figuras.
Em alguns casos, a criança com paralisia cerebral também precisa de um cuidador que a ajude a ir ao banheiro ou a tomar o lanche. Mas, vale lembrar, que todos devem estimular a autonomia da criança, respeitando suas dificuldades e explorando seus potenciais.

Retirado da revista Nova Escola 


sexta-feira, 15 de julho de 2011

Diagnóstico

Faz tempo que não atualizo o blog, não é nada fácil arrumar um tempinho também com duas crianças em casa... Levamos Yza há alguns meses no neuropediatra com o resultado da ressonancia e foi diagnosticado Paralia Cerebral discirnética. Tivemos a seguinte recomendação terapias e estimulação a todo momento não há cirurgias para cura, mas a criança possui um desenvolvimento muito grande até os 5 anos de idade. Então agora é correr atrás na busca na reabilitação da nossa pequena. A cada dia ela nos surpreende mais está bem esperta, entende a todos os comandos apesar de ainda não falar sempre se comunica para entendermos o que ela quer. E assim vamos levantando....e a cada dia agradecendo a vida dela!!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Acreditamos também que amar e acreditar em um ser humano pode fazer muitos milagres que a ciência não pode explicar!!! (Retirado do blog da amiga Joana que também é mãe de uma criança  especial)

Acesso para o blog dela: http://www.amadavitoriadecristo.blogspot.com/

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Oração

Meus Senhor, quero te louvar e agradecer pela vida dos meus filhos.Eles representam para mim a manifes tação do Teu amor em nosso lar.É uma grande responsabilidade prepará-los para a vida, por isso dá-me recursos e sabedoria para saber o melhor. Que eu possa amá-los, compreendê-los e ensinar-lhes o caminho certo. Dá-lhes saúde, inteligência, capaci- dade, amor e Tua proteção. Que o Teu anjo esteja com eles em cada passo que derem. Que eu possa ser para eles,a mãe amorosa, sincera e amiga,que precisarem em qualquer fase de suas vidas. Entrego meus filhos em tuas mãos, confiante que serão abençoados em tudo por Ti.

Retirado do blog da minha grande amiga:

http://www.princessmariaeduarda.blogspot.com/

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Terapia Ocupacional - Videos

video


Este vídeo é da minha princesa na APAE teve que ficar em sala de aula com outras  crianças para poder conter o choro e assim aprendeu a se socializar também. a foi bem no comecinho ela era bem molinha, hoje já não é mais...

domingo, 20 de fevereiro de 2011

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Terapia Ocupacional

Yza faz Terapia Ocupacional desde Junho de 2010 e no começo não entendia qual seria a diferença e em todas as sessões ela chorava muito, mas hoje vejo o quanto ajudou a Yzadora não ia no colo de ninguém não sentava sozinha e hoje está uma maravilha a Terapeuta Ocupacional pediu que fizesse uma calça jeans pra que ela pudesse sentar e ficar menos no colo vou postar as fotos de quando ela começou e hoje ja desencosta sozinha. Essa semana tive uma idéia e deu certo substitui a calça por um colchão, poltrona de ar e ficou muito mais confortável.






Equoterapia

Já fazia alguns meses que a Yza estava fazendo equoterapia no começo não chorou nem um pouquinho depois com o calor se assustou com o cavalo quando abanou a crina e depois disso em todas sessões ela chorava a todo momento. Há poucas semanas recebi a noticia que haviam feito uma reunião e a Yzadora estava de alta devido aos choros. Fiquei muito triste, chorei muito, alias ela é um bebe ainda não entende o porque que tem que fazer essas coisas não posso exigir muito dela. Mas Deus sabe... Mas vamos seguindo e tenho certeza que não será isso que fará a diferença eu não vou desistir da minha filha. Fotos da Yza na equoterapia.

Amor Supera Deficiências!!!

"DEFICIENTE" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive sem ter consciência de que é dono do seu destino.

"LOUCO" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"CEGO" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

" SURDO" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo,ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

"MUDO" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"PARALITICO" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois"MISERAVEIS" são todos que não conseguem falar com Deus!!!

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Mensagem..Linda

Como Deus escolhe mães de crianças especiais

"Você alguma vez já pensou como Deus escolhe as mães das crianças especiais? Eu já...
Uma vez visualizei Deus pairando sobre a Terra, selecionando seu instrumento de propagação com um grande carinho, e compassivamente.
Enquanto observava, Ele instruía seus Anjos a tomarem nota em um grande livro:
- Para Beth, um menino. Anjo da Guarda, Matheus.
- Para Miriam, uma menina. Anjo da Guarda, Cecília.
- Para Regina, gêmeos. Anjo da Guarda Geraldo, ele já está acostumado.
Finalmente, Ele passa um nome para o Anjo, sorri e diz: dê a ela uma criança deficiente.
O Anjo, cheio de curiosidade, pergunta: porque ela, Senhor? Ela é tão alegre!
- Exatamente por isso, diz Ele. Como eu poderia dar uma criança a uma mãe que não sabe o valor de um sorriso? Seria cruel...
- Mas será que ela vai ter paciência?
- Eu não quero que ela tenha muita paciência - disse Deus - porque aí ela se afogará no mar da autopiedade e desespero. Logo que o choque e o ressentimento passarem, ela saberá como conduzir-se. Eu a estava observando hoje. Ela tem aquele forte sentimento de independência.
Retrucou o Anjo: - Ela terá que ensinar a criança a viver no seu mundo e não será fácil. Além do mais, Senhor, acho que ela nem acredita na Sua existência.
Deus sorri, e diz: - Não tem importância. Eu posso dar um jeito nisso. Ela é perfeita. Possui o egoísmo no ponto certo.
O Anjo engasgou. - Egoísmo? E isso é, por acaso, virtude?
Deus acenou que sim e acrescentou:
- Se ela não conseguir se separar da criança de vez em quando, ela não sobreviverá. Sim, esta é uma mulher que abençoarei com uma criança menos perfeita. Ela ainda não faz idéia, mas ela será, também, muito invejada. Sabe, ela nunca irá admitir uma palavra não dita, nunca considerará um passo como uma coisa comum. Quando sua criança falar “mamãe” pela primeira vez, ela pressentirá que está presenciando um milagre. Quando ela descrever uma árvore com um pôr-do-sol para seu filho cego, ela verá como poucos já conseguiram ver a minha obra... eu permitirei ver claramente coisas como ignorância, crueldade, preconceito e a ajudarei superar tudo. Eu estarei a seu lado a cada minuto de sua vida, porque ela estará trabalhando junto comigo.
- Bom - disse o Anjo - e quem o Senhor está pensando mandar como Anjo da Guarda?
Deus sorriu;
- Dê a ela um espelho. É o suficiente."

Autor desconhecido

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Equoterapia

Bem Vindo a Holanda


Produzido por Kátia Carvalho

História de Vida

É bem complicado expor o que pensamos, o que sentimos principalmente o que se passa em nossas vidas de uma maneira particular sou experiência que a vida tem um sentido a ser realizado, mesmo que no futuro. Tenho dois filhos lindos que Deus me presenteou, na primeira gravidez depois dos sete meses passei por alguns problemas, pois tive inicio de parto prematuro, tive que ficar em repouso, tomar medicação para segurar o nenê. Um dia antes do previsto para ganhar comecei a ter contrações na madrugada como dependia de sus tive que esperar dar dilatação como não ocorreu ao fazer uma cesariana minha nenê nasceu, não ouvi seu choro e nem a vi apenas escutei o médico pedindo que ligasse para o pediatra pois uma criança havia nascida muito fraca no hospital, me desesperei. E ela apenas depois de algum tempo deu um chorinho bem baixinho, nasceu com o peso baixo, bem pequenina e teve mecônio(quando a criança faz coco dentro da mãe) com isso teve uma infecção. Minha filha não mamava só dormia e por isso teve que ficar em um berço no soro, na sonda e tomando antibiótico na veia. Pensei que não sobreviveria. Mas o meu Deus foi maior e não tirou minha filha de mim tivemos alta cinco dias depois, mas infelizmente minha filha portava uma queimadura de terceiro grau em uma das mãos, devido a erro, aplicaram o antibiótico e a veia havia escapado, foram 27 dias de curativos com debridamento sem anestesia e isso foi muito doloroso pra todos nós. Mas uma vez vencemos.
No desenvolvimento da minha pequena fomos notando que não era igual de outras crianças da sua idade ela ainda não sentava, era bem molinha, algum dia antes do natal de 2009 a Yzadora começou a apresentar alguns tremores coisa de segundos fomos com ela para o pronto socorro e foi diagnosticado convulsão, não acreditava que estava passando por mais coisas, no outro dia levamos no neuropediatra e ele nos informou que ela era uma criança hipotônica (que tinha atraso no desenvolvimento motor). Dois grande sustos ficamos sem chão. Foi feito um eletro onde acusou um pequeno atraso no lado direito do cérebro, ela foi medicada e não teve crises convulsivas mais. Iniciava-se uma corrida contra o tempo, a Yzadora precisaria de fisioterapia pelo menos 3 vezes na semana e como foi difícil ela chorou muito no início. Com o tratamento fizemos outros exames à tomografia deu normal e então foi pedido uma ressonância para detectar o motivo do atraso motor. O resultado foi hipóxia, ela teve uma falta de oxigenação antes do parto. Até ai preferíamos que o exame desse algo, pois precisávamos descobrir o que realmente ela tinha para fazer o tratamento adequado, mas não deixava de persistir aquela dor por dentro. Então começou a fazer terapia ocupacional, fonoaudiólogo e consegui a tão desejada equoterapia, ela está se acostumando ainda é uma criança não entende muito porque tem que fazer isso, mas o importante é que ela está se desenvolvendo hoje com um ano e oito meses está começando a sentar, e já se interessa mais para brincar. O médico não tem diagnostico de quando irá andar, isso tudo no tempo dela, com muita estimulação, mas eu sei que o amor supera qualquer deficiência. Deus me deu ela por algum motivo. Não há um dia se quer que eu não chore, mas sempre sem que ninguém veja e por ver minha filha tendo tantas dificuldades, mas Deus me deu outro presente quando a Yzadora tinha 8 meses de vida descobri que estava grávida, chorei tanto estava passando por tanto apuros com ela e não sabia o que fazer . Hoje tenho outro bebe com 3 meses se chama Kaio Yunis e falo que ele é um anjo do céu que Deus trouxe pra mim, é uma jóia perfeita todos os médicos me dizem que ele será estimulação pra ela eu não tive medo que acontecesse novamente e por isso tudo caminhou bem na nova gestação. Ela está adorando ele e quer fazer o que ele faz também. E vamos levando a vida hoje sabemos lidar com o que é diferente e tudo é adaptável pra ela poder ter uma rotina de vida e eu sei que Deus e o nosso amor irão reabilitar a Yzadora.

Sempre digo que “Crianças são como borboletas ao vento.... algumas voam rápido....algumas voam pausadamente, mas todas voam do seu melhor jeito.”